< Voltar

Cessna anuncia upgrade no alcance do Citation Latitude

Novo jato de médio porte poderá realizar voos de até 4.260 km

Envie a um amigo Curtir
Tweet

02/09/2012

Cessna anuncia upgrade no alcance do Citation Latitude

Novo jato de médio porte poderá realizar voos de até 4.260 km

A mais nova aeronave da Cessna, o jato de médio porte Citation Latitude, terá um alcance máximo ainda maior do que o revelado quando do lançamento do projeto, no ano passado. Em vez dos 3.704 km anunciados em outubro, o Latitude terá um alcance máximo de 4.260 km, o que significa fazer um voo direto de Brasília para a Ilha de Saint Marteen, no Caribe (antes, ia no máximo a Caracas, na Venezuela). "Esse aumento dará mais flexibilidade, para que o avião possa cumprir com uma maior variedade de missões, atendendo as necessidades de conforto e performance dos nossos clientes. A Cessna tornou o Latitude ainda melhor", disse Leonardo Fiuza, diretor Comercial da TAM Aviação Executiva, representante da Cessna no Brasil.

O Latitude, que já tem encomenda no Brasil e será entregue na sua nova configuração de alcance máximo, foi anunciado na edição de 2011 da National Business Aviation Association (NBAA) como um novo segmento dos jatos Citation, posicionado entre o XLS+ e o Sovereign Com capacidade para dois pilotos e até oito passageiros, aviônica Garmin G5000 totalmente touch-screen dispensando o uso de qualquer botão e cabine com piso interno totalmente plano (1,83m de altura por 1,95m de largura), o novo avião pretende revolucionar o mercado de jatos executivos de médio porte. O primeiro voo do protótipo do Latitude deverá ocorrer em meados de 2014. Já a certificação da FAA (Federal Aviation Administration) e a consequente entrada em operação são aguardadas para 2015.

O Latitude, que terá preço de US$ 14,9 milhões (FOB - EUA), terá uma velocidade máxima de cruzeiro de 820 km/h. O projeto do Latitude prevê que ele possa operar em pistas de 1.190 metros (no peso máximo de decolagem), atingir uma altitude máxima de 45.000 pés e que suba direto até 43.000 pés em 23 minutos.


Piso plano e tecnologia em cada assento

Uma das maiores novidades do Latitude está do lado de dentro da cabine. O chão totalmente plano e sem ressaltos, ao longo dos 4,87m que vão do cockpit até o lavatório, dá à cabine de passageiros um conforto sem igual, traduzível nos seus 1,95m de largura (inédito nos projetos da Cessna) e nos seus 1,83m de altura. A eletrônica está presente também em cada um dos assentos. O sistema Clarity, desenvolvido pela Cessna em parceria com a empresa americana Heads Up Technologies, é uma solução de tecnologia inteligente para cabines que se integra à aviônica da aeronave e pode reunir sistemas elétricos, dados e comunicações - tudo conectado por fibra ótica e controlado a partir do assento por uma interface touch-screen totalmente intuitiva.

Citation Latitude

"As exigências das viagens de negócios evoluíram além do conforto e da conveniência. O uso de tecnologia é a chave para oferecer uma cabine mais eficaz e produtiva, fator fundamental para criar um ambiente de trabalho totalmente funcional. Com o Clarity, temos uma interface intuituva capaz de oferecer aos clientes um verdadeiro ‘smartplane', pronto para as mais modernas experiências de conectividade", afirma Leonardo Fiuza.


Painel de controle sem botões

Já os pilotos terão à disposição uma aviônica de última geração, baseada no Garmin G5000, um sistema novo, totalmente integrado e concentrado em três telas principais multifunção LCD de 14" e quatro painéis de controle touch-screen. Além das funções padrão, o G5000 oferecerá uma interface piloto-aeronave touch-screen, TCAS II com Change 7.1, Synthetic Vision Technology, cartas eletrônicas, SafeTaxi da Garmin, um sistema de controle de voo duplo com WAAS LPV e RNP, radar meteorológico com detector de turbulência e capacidade vertical de scan.

Citation Latitude



Fonte: Cessna

Autor: Insight Comunicação | TAM Aviação Executiva