< Voltar

Cessna Denali entra em nova fase de desenvolvimento

Fabricante constrói primeira plataforma de testes

Envie a um amigo Curtir
Tweet

28/05/2018

Cessna Denali



A Textron Aviation divulgou hoje o status do desenvolvimento do Cessna Denali, seu monomotor turboélice de 12 lugares cujo projeto foi lançado em 2015. A fabricação da seção do nariz, fuselagem, asas e cauda dos três primeiros protótipos estão em andamento na sede da fabricante em Wichita. A previsão é de realizar o primeiro voo no início do próximo ano.

Os engenheiros da Cessna estão no momento construindo e conduzindo os primeiros testes estruturais utilizando ferramentas próprias fabricadas internamente.

“O projeto do Denali foi desenhado “do zero” e é diferente de qualquer aeronave de sua classe em termos de tecnologia e desempenho. Por essa razão, temos visto bastante interesse de proprietários de aeronaves a pistão que desejam subir de categoria e também de operadores de turboélices,” disse Rob Scholl, vice-presidente sênior de Vendas e Marketing. “Para desenvolver esta aeronave estamos combinando processos utilizados na fabricação dos novos jatos Citation em conjunto com o novo e inovador motor GE Catalyst.”

O GE Catalyst é o primeiro motor turboélice a entrar no mercado de aviação geral e executiva em mais de 30 anos. A GE anunciou os primeiros testes com o motor no final de 2017. Capaz de entregar 1240 shp, o controle da potência e hélice será comandado por uma única alavanca via FADEC. O Denali será equipado com hélice McCauley de 5 pás, 105 polegadas, velocidade constante, embandeiramento completo, passo reversível e proteção contra gelo.

Em termos desempenho, o Cessna Denali foi desenvolvido para atingir uma velocidade de cruzeiro de 285 nós com máximo de combustível e payload de 1100 lb (500 kg, o que equivale a 1 piloto e 4 passageiros), sendo o alcance de 1600 mn (2960 km), o que permite voar de São Paulo a Manaus sem escalas.

O cockpit será equipado com aviônicos Garmin G3000 com três grandes painéis touchscreen, radar meteorológico de última geração, TAWS e ADS-B.

Na cabine, o Denali oferece um assoalho totalmente plano, o que permite facilmente converter a configuração de transporte de passageiros para carga. Os clientes terão a opção de escolher a configuração executiva com 6 assentos reclináveis ou de alta densidade com 9 assentos individuais, além de toalete com porta nos fundos da cabine. O sistema de pressurização digital garante uma altitude de cabine de 6130 pés operando na altitude máxima de 31000 pés.

O valor do Cessna Denali é de US$ 4,8 milhões nos EUA.

Redação FlightMarket