< Voltar

Diamond faz primeiro voo do turboélice DA50

Fabricado na Áustria, o DA50-JP7 comporta até 4 passageiros e é o primeiro modelo turboélice da Diamond.

Envie a um amigo Curtir
Tweet

23/01/2015

Diamond faz primeiro voo do turboélice DA50

A Diamond Aircraft realizou esta semana o primeiro voo do turboélice DA50-JP7, menos de dois anos após a fabricante austríaca revelar seus planos em fabricar um modelo turboélice. O CEO da Diamond, Christian Dries, foi um dos pilotos de teste do primeiro voo, que decolou da sede da empresa no aeroporto Wiener Neustadt East, no sul de Viena. “Esta aeronave com esta turbina voa praticamente como um foguete,” disse Dries.

O voo durou 40 minutos e incluiu testes de agilidade, avaliação do desempenho do motor em diversas altitudes até 8000 pés e razão de subida em diferentes velocidades. A razão de subida inicial com 1.500kg foi de 2.800 pés por minuto a uma velocidade indicada de 175 nós.

Dois protótipos adicionais serão utilizados para a certificação do DA50-JP7. JP refere-se a Jet Prop, e o avião possui um motor AI-450S de 465hp desenvolvido pela Motor Sich JSC e Ivchenko Progress, ambas empresas da Ukrania. A Austro Engine, subsidiária da Diamond, está colaborando com a certificação do motor. A Diamond afirma que o motor AI-450S, controlado por FADEC, é 20% mais eficiente que os outros modelos de potência semelhante. O motor produz 380hp em cruzeiro e é mais eficiente em “altitudes médias”, segundo a Diamond.

O DA50-JP7 será produzido em dois modelos: uma versão Standard, com foco em velocidade, e uma versão Tundra com pneus largos e trem de pouso reforçado para pouso em pistas acidentadas.

A Diamond espera obter a certificação para o DA50-JP7 no final do próximo ano.
 

 

Diamond DA-50-JP7 Turboélice

Veja o vídeo do primeiro voo:
 


Fonte: Diamond Aircraft
Redação FlightMarket