< Voltar

Fila de espera para o Gulfstream G650 é de quase 4 anos

A empresa prevê entregar 118 jatos grandes este ano, além de 40 do modelo médio G280.

Envie a um amigo Curtir
Tweet

24/01/2014

Fila de espera para o Gulfstream G650 é de quase 4 anos

De acordo com a General Dynamics, empresa proprietária da fabricante Gulfstream, a fila de espera para adquirir o jato executivo de ultra longo alcance G650 é de quase quatro anos. O modelo é o “carro-chefe” da empresa.

“A lista de encomendas é tão extensa que a próxima unidade da fila será fabricada daqui a pelo menos 45 meses”, disse Phebe Novakivic, Chairman da General Dynamics.

A carteira de pedidos para os modelos menores – o jato médio G280 e os de cabine grande G450 e G550 – também é grande, com disponibilidade de nove a doze meses.

A empresa prevê entregar 118 jatos grandes este ano, além de 40 do modelo G280. Estes números representam um ligeiro aumento em relação a 2013, quando entregou 110 jatos grandes e 29 médios.

A Gulfstream já chegou a considerar aumentar a produção do G650, mas rejeitou essa hipótese ao considerar os efeitos que teria em sua cadeia de suprimentos.

“Quando você está fabricando plataformas de alta complexidade e com uma cadeia de suprimentos robusta e diversificada, você deve ter consciência dos seus limites de produção de forma a não aumentar o custo dos fornecedores, pois reflete diretamente no preço do seu produto,” disse Novakovic.

A demanda de longo prazo continua firme, mas qualquer pausa na produção ou problema na cadeia de suprimentos pode ser muito difícil de se recuperar.

Segundo Novakovic, a Gulfstream é a principal fonte de receita da General Dynamics. A receita foi de U$8,1 bi em 2013, com lucro operacional de U$ 1,41 bi. Em 2012, a receita foi de U$ 6,9 bi e com lucro de U$ 858 milhões.

Autor: Redação FlightMarket
Fonte: Gulfstream