< Voltar

Garmin lança novo G1000 NXi

Nova plataforma conta com processadores mais rápidos, conexão wireless e sobreposição de mapas no HSI.

Envie a um amigo Curtir
Tweet

01/03/2017

Garmin G1000 NXi

 

 

A Garmin anunciou o lançamento do G1000 NXi, sucessor da popular suíte de aviônicos G1000, lançada a quase 14 anos e com 16.000 unidades em operação. A nova plataforma recebeu diversas melhorias como processadores mais rápidos, suporte a dados ADS-B conectividade wireless (incluindo atualização do banco de dados via Garmin Flight Stream), novas funcionalidades para aumento de consciência situacional com o SurfaceWatch, procedimentos de aproximação visual, sobreposição de mapas no HSI (indicador de atitude horizontal), detecção de turbulência, entre outras novidades. O pacote está disponível como upgrade do G1000 e as primeiras unidades já serão entregues a partir de Fevereiro. A Garmin já obteve o certificado suplementar de tipo (STC) da FAA para o upgrade no King Air 200 e espera obter aprovação para o King Air 300/350 nas próximas semanas. A substituição dos aviônicos originais nos modelos King Air irá reduzir o peso em aproximadamente 114 kg. O Garmin NXi também irá equipar a linha 2017 dos turboélices Daher TBM 900.

Avanços no display

O G1000 NXi incorpora processadores mais potentes e modernos, aumentando a velocidade de renderização dos mapas e da navegação entre os menus e as informações exibidas nos displays. Na plataforma NXi, o sistema é inicializado em apenas alguns segundos, permitindo que o piloto acesse rapidamente as frequências, plano de voo, entre outras informações. A interface do G1000 NXi também foi redesenhada, incluindo animações mais modernas e melhoria na leitura dos dados graças a um novo painel LED back-lightning, com mais brilho e menor consumo de energia.

Aviônicos de última geração

Disponível como opcional, o software Flight Stream 510 habilita no G1000 NXi a funcionalidade de Database Concierge, que é a transferência de bancos de dados de um dispositivo mobile (com o app Garmin Pilot) diretamente para o G1000 NXi. Além disso, o Flight Stream 510 também permite o compartilhamento de dados de tráfego aéreo, meteorologia, GPS, altitude, entre outras informações, entre o G1000 NXi e qualquer dispositivo mobile com os apps Garmin Pilot ou ForeFlight. Também é possível sincronizar as informações com os relógios de pulso Garmin D2 Bravo.

As aproximações visuais também ficaram mais estáveis e precisas com o G1000 NXi, que oferece novos procedimentos de descida com base numa inclinação de três graus a partir do limite da pista. Os pilotos podem selecionar a pista que irão aterrissar, inserir mínimos personalizados, selecionar vetores ou voar direto para a final visual juntamente com o piloto automático, facilitando a operação em aeroportos onde o piloto não está familiarizado ou mesmo em aproximações VFR com visibilidade reduzida.

A sobreposição de gráficos e mapas no HSI permite que os pilotos visualizem dados de radar meteorológico e NEXRAD, diagramas de aeroportos SafeTaxi, tráfego aéreo, terreno, entre outras informações. Por exemplo, os pilotos podem exibir um diagrama SafeTaxi no HSI enquanto preparam o plano de voo no MFD, ou, exibir simultaneamente gráficos NEXRAD e tráfego no HSI e visualizar outras informações meteorológicas a partir de produtos SiriusXM no MFD.

Com a tecnologia de monitoramento SurfaceWatch (opcional), a plataforma emite alertas sonoros e visuais que ajudam os pilotos a evitarem decolagens e pousos em taxiways, em pistas erradas ou muitos curtas. Com base em informações de performance inseridas antes do voo, os alertas são emitidos entre as altitudes de 5.000 pés a 500 pés.


A suíte Garmin G1000 NXi também suporta as seguintes funcionalidades:

 

  • Sistema avançado de radar meteorológico Doppler, incluindo supressão de desordem no solo e detecção de turbulência como opcionais.
  • Identificação de frequência COMM exibe o ID da estação e o tipo de frequência.
  • Visualização de cartas de navegação, incluindo cartas IFR low/high no MFD.
  • Imagens de radar meteorológico NEXRAD podem ser sobrepostas no moving map, HSI e MFD.
  • Vertical Situation Display (VSD), exibe informações de perfil do terreno no MFD de acordo com o plano de voo ativo, altitude e ventos.
  • Pilotos podem visualizar os procedimentos de chegada ou decolagem no MFD antes de carregar e ativar os procedimentos.
  • Mapas de terreno possuem 3 cores (verde, amarelo e vermelho) e informam de a aeronave está a 2.000, 1.000 ou 100 pés de altitude acima do solo.
  • Mais simplicidade nas atualizações de software e reposição de componentes.



Redação FlightMarket