< Voltar

Gulfstream encerra produção do G150

Empresa irá focar no mercado de jatos super-midsize e large-cabin

Envie a um amigo Curtir
Tweet

10/04/2016

Gulfstream G150
Última unidade do Gulfstream G150 será entregue em meados de 2017. Fabricante irá focar no mercado de jatos super-midsize, como o G280, e large-cabin como o G650/650ER.



A Gulfstream Aerospace anunciou que irá encerrar a produção do jato mid-size G150 após pouco mais de 10 anos fabricando o modelo. A última unidade acaba de ser vendida e será entregue em meados de 2017. O objetivo da fabricante é focar no mercado de jatos super-midsize e large-cabin.

“O Gulfstream G150 foi um marco significativo em nossa história, sendo produzido por mais de uma década,” disse Mark Burns, presidente da Gulfstream, “e continua sendo uma parte importante do nosso negócio. Continuaremos oferecendo todo o suporte necessário aos operadores e proprietários do G150 e garantiremos o fornecimento de peças, ferramentas e equipe técnica especializada. Nossa equipe de engenheiros continua utilizando dois G150 para prestar suporte aos operadores nas Américas e no Caribe.”

O G150 entrou em serviço em Agosto de 2006 como um substituto do G100/Astra SPX e era produzido pela Israel Aerospace Industries em Tel Aviv. A frota mundial do G150 inclui 120 aeronaves em todo o mundo, sendo 5 delas no Brasil.

“Nosso objetivo de longo prazo é focar nos mercados de jatos large-cabin e também super-midsize como o G280, que entrou em serviço em 2012 e já conta com 100 unidades entregues. O portfólio atual da Gulfstream consiste no G280, G450, G500, G550, G600 e G650/650ER. A empresa já fabricou mais de 2.500 aeronaves desde 1958.

Redação FlightMarket