< Voltar

Honda planeja fabricar 80 jatos por ano até 2019

16 HondaJet foram entregues nos primeiros nove meses de produção

Envie a um amigo Curtir
Tweet

16/11/2016

Hondajet
Hondajet, primeiro jato executivo da famosa fabricante de carros possui motores montados sobre as asas, sem contato direto com a fuselagem.


A Honda planeja fabricar até 80 jatos executivos HA-420 HondaJet por ano até março de 2019. O comunicado foi feito pelo CEO Michimasa Fujino durante uma visita de jornalistas japoneses a unidade da Honda em Greensboro, na Carolina do Norte (EUA).

Fujino informou que, no momento, o ritmo de produção é de 36 aeronaves por ano, embora o relatório da GAMA (General Aviation Manufacturers Association) não demonstre esse cenário. De acordo com os dados da GAMA, seis HondaJet foram entregues no terceiro trimestre, 1 a menos do que no anterior. Nos primeiros nove meses de produção, 16 unidades do jato de US$ 4,85 milhões foram entregues a clientes.

A Honda recebeu o certificado de produção da FAA no dia 11 de Julho, o que autoriza a empresa a fabricar, testar em voo e emitir certificados de aeronavegabilidade para as aeronaves. O modelo também já recebeu aprovação da agência europeia EASA e da mexicana DGAC.

O HondaJet é um jato executivo da categoria Very Light Jet desenvolvido e produzido pela Honda. A aeronave tem capacidade para 6-7 passageiros e possui motores turbofan GE-Honda HF120 montados sobre as asas, o que minimiza os ruídos na cabine. Os aviônicos são Garmin G3000 com displays de 14” e duplo comando touchscreen.

 




Redação FlightMarket