< Voltar

LABACE 2009

Associação Brasileira de Aviação Geral promove a maior feira de aviação executiva da América Latina

Envie a um amigo Curtir
Tweet

08/10/2009

LABACE 2009

Nos próximos dias 13, 14 e 15 de agosto, a ABAG - Associação Brasileira de Aviação Geral promoverá a 6ª edição da LABACE - Latin America Business Aviation Conference & Exhibition, a maior feira de aviação executiva na América Latina, que será realizada no Aeroporto de Congonhas, São Paulo.

 

Neste evento, estima-se mais de 98 expositores, entre fabricantes e prestadores de serviços nacionais e internacionais, que apresentarão as principais aeronaves e novidades do setor de transporte aéreo executivo.

 

Nos moldes das principais feiras de aviação do calendário internacional, tendo o apoio da mais importante associação do setor, a norte-americana NBAA - National Business Aviation Association Inc. - , a LABACE é única no Hemisfério Sul.

 

Destinada ao setor corporativo, o objetivo da LABACE desde sua criação, é propiciar negócios entre a indústria aeronáutica e usuários em potencial do transporte aéreo de negócios. "Agilidade e segurança são hoje essenciais aos executivos de grandes companhias, que precisam estar em diferentes lugares em um curto período de tempo, necessidade que a aviação comercial muitas vezes não atende", explica Rui Aquino, presidente da ABAG.

 

Negócios

 

Com crescimento demonstrado ano a ano em termos de expositores, aeronaves exibidas e visitantes, a expectativa da ABAG é que a edição deste ano da LABACE gere um volume de vendas 10% superior à edição do ano passado. "Nas edições anteriores, vínhamos de um crescimento acima da média devido ao bom momento econômico em todo mundo. Em 2008, nosso volume de vendas aumentou 60% em relação aos resultados de 2007", conta Ricardo Nogueira, vice-presidente executivo da ABAG.

 

Atualmente, porém, o atual cenário financeiro mundial obrigou a ABAG a rever as metas de crescimento, mas o reaquecimento do mercado, ainda neste primeiro semestre do ano, já indica a recuperação das vendas e a estimativa positiva dos negócios.

Rui Aquino explica, ainda, que a realização, na América Latina, de um evento nos moldes das principais feiras mundiais de aviação executiva, deve-se às oportunidades de negócios nos países da região, especialmente no Brasil, devido ao franco desenvolvimento das atividades ligadas à agricultura, mineração, manufatura e serviços. "O Brasil é o segundo maior mercado para a aviação corporativa de jatos, turboélices e helicópteros no continente e o quinto no mundo", afirma Aquino. Outro diferencial da região, como um todo, é a estabilidade econômica de países como México, Brasil, Venezuela, Argentina e Colômbia, uma situação relativamente nova e que promete ser uma tendência.

 

Crescimento

 

O crescimento da LABACE desde sua primeira edição, em 2003, consolida a feira como a maior da América Latina. O número de visitantes, que foi de cerca de 3.500 naquele ano, chegou a mais de 13.000 em 2008. Para 2009, a expectativa dos organizadores é ultrapassar os 20.000 visitantes. O número de expositores, 64 na edição de 2003, chegou a 90 em 2008 e até o início da LABACE-2009 já terá ultrapassado os 100. No que se refere ao número de aeronaves - as principais atrações da LABACE -,  que era de 16 em 2003, estima-se em 60 neste ano.   

Em 2009, com os contratos já firmados, observa-se, até o momento, um crescimento de 30% na área total ocupada, chegando a 15.000m2. Cerca de 2000 m2 superior a 2008.

Ao longo das edições da LABACE, os jatos têm se firmado como as vedetes da feira. Eles contribuem com expressiva parcela no montante dos negócios. Entretanto, o alto custo ainda impede a sua popularização. Ainda assim, cresce a cada ano sua participação na frota brasileira, estando, hoje, com cerca de 15% do total.

 

Sobre a ABAG

 

A Associação Brasileira de Aviação Geral - ABAG foi criada em 1995, com o objetivo de promover e defender os interesses de pessoas e organizações na área da Aviação Civil, que operem aeronaves como forma de apoio aos seus negócios, bem como angariar o reconhecimento público para o fato de que a Aviação Geral contribui efetivamente para o desenvolvimento econômico e social do país. A ABAG faz parte do Conselho Consultivo da Agencia Nacional de Aviação Civil - ANAC -e conta, hoje, com 93 empresas associadas, distribuídas entre operadoras e mantenedoras de aeronaves, escritórios de advocacia, corretoras de seguros, táxi aéreo e consultorias aeronáuticas.

 

CDI Comunicação Corporativa

Wagner Prado - (11) 3817-7965 ( wagner@cdicom.com.br)

Leila Ferraz  - (11) 3817-7959 (leila@cdicom.com.br)

Mariangela Morenghi - (11) 3817-7946

Anaísa Silva - (11) 3817-7917

 



Fonte: www.cdicom.com.br

Autor: Leila Ferraz