< Voltar

Lilium Aviation levanta US$ 90 milhões em nova rodada de investimentos

Startup alemã está desenvolvendo um taxi elétrico voador para 5 passageiros

Envie a um amigo Curtir
Tweet

13/09/2017

Lilium Aviation



Um novo investimento no futuro da aviação foi realizado esta semana. A startup alemã Lilium Aviation recebeu um novo aporte de US$ 90 milhões liderado pela chinesa Tecent Holdings, gigante da tecnologia, além de quatro outros grupos de investimento. A Lilium já havia recebido um investimento inicial de US$ 10 milhões e informou que o novo aporte irá acelerar o desenvolvimento do seu taxi voador movido por turbinas elétricas. A empresa também irá amentar seu quadro de funcionários que atualmente conta com 70 pessoas, incluindo engenheiros que trabalharam na Tesla, Airbus e Gett.

O objetivo da Lilium é criar uma aeronave capaz de realizar voos curtos em alta velocidade, algo que a empresa espera se tornar realidade nos próximos 10 anos. Os taxis voadores poderão ser chamados por meio de um aplicativo, como ocorre hoje com taxis comuns.

O Eagle, protótipo com dois assentos, realizou seu primeiro voo de testes em Abril. A aeronave possui múltiplas pequenas turbinas que podem rotacionar e direcionar o fluxo de ar para um voo vertical ou horizontal, como um helicóptero. A Lilium espera desenvolver um modelo que transporte 5 passageiros a distâncias de até 370 km e velocidade de cerca de 210 mph (340 km/h).

A Lilium foi fundada em 2015 por quatro formandos da Technical University of Munich, que tiveram a idéia de projetar um taxi voador com um design mais eficiente e com menor ruído do que outros concorrentes que utilizam a estrutura tradicional de “quadricóptero”.

 




Redação FlightMarket