< Voltar

Bombardier aciona motores do Global 7000

Fabricante canadense planeja realizar o primeiro voo até o final do ano

Envie a um amigo Curtir
Tweet

10/11/2016

Bombardier Global 7000
Bombardier Global 7000. Jato de ultra longo alcance é o carro chefe da Bombardier e fará primeiro voo ainda este ano.



A Bombardier acionou pela primeira vez os motores GE Passport que equipam o Global 7000, jato executivo de ultra longo alcance que deve realizar seu primeiro voo até o final do ano, segundo a fabricante. A aeronave número de série 70001 e registrada com o prefixo C-GLBO é o primeiro protótipo dos quatro que estão atualmente em diferentes estágios de produção.

Capazes de gerar 16.500 libras de empuxo e 8% mais eficientes do que outros modelos de sua classe, os motores GE Passport foram acionados cerca de 6 meses após receberem a certificação da FAA. Por enquanto, o Global 7000 é a única plataforma a utilizar estes motores, já que a Bombardier interrompeu o desenvolvimento do Global 8000, que também iria utilizar motores Passport. O lançamento do Global 7000 ocorreu em 2010, porém, uma série de desafios no projeto atrasaram seu desenvolvimento por dois anos, inclusive uma decisão da Bombardier em 2015 de redesenhar as asas.

Com preço de US$ 73 milhões, o Global 7000 foi projetado para ter um alcance de 7.300 mn (13.520 km), velocidade máxima de Mach 0.925 e teto operacional a 51.000 pés. A cabine acomoda até 17 passageiros e possui janelas 80% maiores do que outros jatos da linha Global.

 

Cockpit Global 7000
Cockpit Bombardier Vision Flight Deck do Global 7000 com Heads-Up-Display e tecnologia de visão aumentada.



 

Cabine Bombardier Global 7000
Interior do Global 7000 acomoda com extremo conforto até 17 passageiros e 3 diferentes áreas.



 

Cabine Bombardier Global 7000.
Cama de casal na cabine do Global 7000, que também inclui banheiro com chuveiro.



Redação FlightMarket | Fotos: Bombardier