< Voltar

Nextant faz primeiro voo do Challenger 604 com cockpit Pro Line Fusion

O 604XT foi anunciado em maio durante a EBACE

Envie a um amigo Curtir
Tweet

20/09/2017

Nextant 604XT



A Nextant Aerospace, empresa especializada em remanufatura de aeronaves como o Hawker 400 e King Air 90, realizou o primeiro voo de um jato Bombardier Challenger 604 equipado com painéis touchscreen Rockwell Collins Pro Line Fusion. O projeto foi anunciado em maio durante a EBACE (European Business Aviation Conference and Exhibition) e batizado de Nextant 604XT.

O 604 da Nextant já realizou dois voos com o painel Fusion e continuará seguindo os protocolos de testes nas próximas semanas. A aeronave será exibida ao público durante a convenção da NBAA (National Business Aviation Association) em Las Vegas, no mês de outubro, onde mais detalhes sobre o 604XT serão revelados, incluindo melhorias na cabine, aerodinâmica e motorização.

 

Nextant 604XT cabine
Cabine remodelada do Nextant 604XT, que irá incluir o sistema de gerenciamento Rockwell Collins Venue.




“O cockpit Fusion no 604 funcionou perfeitamente”, segundo Nathan Marker, vice presidente de operações de voo da Nextant. “O Pro Line Fusion não só resolve as pendências de regulamentação e obsolescência que o Challenger está enfrentando, mas também oferece a tripulação a tecnologia mais avançada disponível no mercado. Os painéis touchscreen são muito intuitivos e proporcionam uma consciência situacional excepcional para os pilotos.”

A Nextant também irá oferecer apenas o retrofit do Pro Line Fusion como um produto separado para operadores do Challenger 604.

“Sabemos que muitos operadores do Challenger 604 realizam voos em rotas do Atlântico Norte, o que significa que eles terão que se adequar a uma série de regulações que estão por vir”, disse Jay Heublein, vice presidente executivo da Nextant. “Considerando os custos normais de manutenção para os Challenger equipados com cockpit Pro Line 4 e os upgrades de aviônicos que serão necessários, estimamos que os operadores terão que investir cerca de US$ 680.000 nos próximos 3 a 5 anos.  Nós vamos oferecer o retrofit para o Pro Line Fusion por um valor a partir de US$ 600.000, permitindo que os operadores se adequem às regras, eliminem as obsolescências e ainda tenham muito mais funcionalidades por um valor mais baixo. É um investimento alto para uma aeronave que pode ser adquirida por US$ 4 milhões no mercado de usados, mas o Challenger 604 é um modelo ainda recente e que poderá ser operado tranquilamente pelas próximas décadas, fazendo com que o investimento valha a pena.”

Segundo a Nextant, o preço do 604XT será por volta de US$ 6 milhões. A frota mundial do Challenger 604 conta com 360 aeronaves, 8 delas registradas no Brasil.

Fonte: Ain Online
Redação FlightMarket